Motociclistas recebem orientações para evitar trauma de face

Data: 04/10/2013

Autor: Dr.Tiago Tavares























Cerca de 1,3 mil motociclistas foram orientados sobre como evitar lesões e fraturas na face, em comemoração ao Dia do Motociclista.

Para comemorar o Dia do Motociclista, uma campanha foi realizada em parceria entre o Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial (especialidade da Odontologia que tem como objetivo o diagnóstico e o tratamento das doenças, traumatismos, lesões e anomalias, congênitas e adquiridas, do aparelho mastigatório e anexos e estrutura crânio-faciais associadas) e o Detran, reunindo milhares de pessoas no Parque Memorial Arcoverde, em Recife. Foram realizadas palestras educativas e distribuição de folders explicativos.

Todos os anos, cerca de 30 mil brasileiros sofrem algum tipo de fratura no crânio e ossos do rosto, segundo o Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial. Em 2010, segundo o Ministério da Saúde, foram realizadas 145,9 mil internações de vítimas de acidentes no trânsito financiadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com um custo de aproximadamente R$ 187 milhões.

A região Sudeste concentra quase metade dessas internações (44,9%). Os dados do MS também mostram que a cada 100 mil brasileiros, 76,5 foram internados, em 2010, em decorrência de acidentes no trânsito. As maiores taxas são entre os motociclistas (36,4 por 100 mil) e pedestres (20,5 por 100 mil). Os homens representaram 78,3% das vítimas (114,2 mil), enquanto as mulheres representaram 21,7%. A maioria das pessoas internadas tinha entre 15 e 59 anos: faixa etária de 84,9% dos homens e 70,8% das mulheres.

Só em Pernambuco foram registradas no SUS, em 2013, 3,2 mil internações por acidentes de motocicletas, com uma média de permanência de 4,4 dias. “Os acidentes automobilístico e motociclístico configuram  a maior causa de traumas de face. Nossa participação  nesse projeto contribui para uma sociedade mais consciente, responsável e com menor incidência de lesões faciais por trauma. Isso também repercutirá economicamente, já que haverá menos pessoas afastadas de suas atividades laborais”, afirma a coordenadora da Campanha Nacional de Prevenção ao Trauma de Face em Pernambuco, Gabriela Granja Porto.

O uso adequado do capacete, por exemplo, diminui em 72% o risco e a gravidade de lesões, reduz a probabilidade de mortes em até 39% e os custos com tratamento associado a colisão, segundo dados do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial. No Brasil, cerca de 10 mil motociclistas morrem todos os anos em acidentes no trânsito e 500 mil pessoas sofrem ferimentos, muitos deles na face, pela utilização inadequada de capacetes. Cair de um moto a 72 km por hora corresponde à queda do sexto andar de um prédio.


Voltar

OUTRAS POSTAGENS

Porque as dietas de emagrecimento não ...

Bola de Bichat

Bola de Bichat é uma estrutura gordurosa presente na região das bochechas que torna a face mais arredondada. Em muitos pacientes, essa camada de gordura é relativamente maior do que em outros, podendo alterar o formato do rosto deixando-o redondo.

Infelizmente, as dietas de emagrecimento não contribuem para o desaparecimento da Bola de Bichat, pois esta é uma das últimas gorduras a serem consumidas pelo organismo. Ela só diminui quando o indivíduo já queimou praticamente todas as outras.

Mas é aí que entra a finalidade da bichectomia, que é puramente estética: reduzir o volume das bochechas e afinar o rosto.

Fonte: rsaude.com.br

Deixe suas dúvidas sobre a bichectomia nos comentários! Também teremos a maior felicidade em te atender. Marque já uma avaliação!

Cirurgia Ortognática: correção completa ...

Ortognática

A Cirurgia Ortognática é indicada para vários tipos de anomalias ósseas, desde crescimentos deficientes a exagerados, em todos os sentidos. Para que possa ser realizada, após a diagnóstico da condição do paciente, várias avaliações são feitas para planejar a melhor forma de tratamento. Na criança, normalmente tenta-se corrigir o problema com o uso de aparelhos ortodônticos e ortopédicos que atuem também no crescimento ósseo. Porém, quando o portador da anomalia for adulto, o tratamento ortodôntico isolado não será suficiente para a correção, porque o processo de crescimento da face já terá se encerrado. Nesses casos, a cirurgia ortognática será necessária para a correção completa do problema.
Fonte: www.fo.usp.br

Tem mais dúvidas sobre a Cirurgia Ortognática? Faça já uma avaliação conosco ou deixe sua dúvida nos comentários!

Bichectomia: fazendo a escolha certa

Bichectomia: fazendo a escolha certa


Na bichectomia, antes de tudo, é necessário fazer a escolha correta de um bom cirurgião especialista que trabalhe em uma boa clínica com uma boa equipe. Dessa forma os riscos são minimizados.
Com o sucesso dessa cirurgia, se atentar a esses fatores é muito importante para ter uma cirurgia tranquila e com resultados satisfatórios.
Escolha um profissional que seja experiente e conheça da anatomia facial!
Você tem dúvidas sobre o assunto? Deixe aqui nos comentários! Ou, se preferir, marque já uma avaliação conosco.

#Bichectomia #Goiânia #Estética