Implante Dental - Definição e principais esclarecimentos.

Data: 01/08/2012

Autor: Comunicação Dr.Tiago Tavares
















O IMPLANTE DENTAL é um cilindro de titânio com roscas externas que tem a função de substituir a raiz dos dentes. Este material possui a característica de biocompatibilidade, portanto, não sendo rejeitado pelo organismo. Uma coroa dentária de resina ou porcelana é adaptada sobre esta estrutura do implante. Restabelecer a função e a estética dos dentes é o objetivo dos implantes dentários.

01) Quando sou candidato a implantes dentários?
Considere-se um candidato quando:
a) Faltar um ou até mesmo todos os dentes da boca
b) Faltar estabilidade e retenção em sua prótese
c) A prótese estiver machucando ou esteticamente inadequada
d) Houver dificuldade na mastigação dos alimentos.

05) O procedimento é indolor?
A instalação dos implantes dentários é realizada em um consultório sob anestesia local, sendo um procedimento mais simples e que requer menos tempo do que a extração de um dente incluso. Os pacientes não relatam desconforto pós-operatório.

02) Quais os benefícios dos implantes dentários?
a) Estabilizar uma prótese (dentadura)
b) Recuperar estética e função mastigatória
c) Diminuir a sobrecarga em dentes remanescentes
d) Frear a reabsorção óssea
e) Repor dentes sem desgastar os dentes vizinhos.

03) Existe limite de idade?
Após o término do crescimento, qualquer pessoa pode receber implantes, não existindo idade limite.

04) Qual a taxa de sucesso?
As taxas de sucesso atualmente registradas superam 95%.

05) Os implantes dentários são idênticos aos dentes naturais?
Jamais será. Os implantes são denominados como a “terceira dentição” e criada pelo homem. Como tal, poderá lhe dar conforto e segurança, poderá aumentar sua eficiência mastigatória, poderá ainda restabelecer seu sorriso e sua espontaneidade, mas será sempre um trabalho artificial fundamentado na evolução científica, nas disponibilidades tecnológicas atuais e na busca incessante pela perfeição.

07) Quanto custa um implante?
Estabelecer valores para uma reabilitação bucal com implantes requer uma avaliação criteriosa clínica e radiograficamente, pois existem inúmeras particularidades envolvidas: Quantidade e disposição dos implantes, disponibilidade óssea e gengival em quantidade, espessura e qualidade, biotipo do paciente como sexo, altura, peso e idade, disposição e quantidade dos dentes remanescentes, presença de outros tipos de materiais protéticos e restauradores na cavidade bucal.

Voltar

OUTRAS POSTAGENS

Cirurgia Ortognática

Cirurgia ortognática

Cirurgia Ortognática é o procedimento realizado por Cirurgiões-Dentistas especialistas em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial, para correção dos maxilares e dentes.

É indicada nas situações em que o paciente não possui o encaixe correto dos dentes (Má oclusão dentária) e ao mesmo tempo possui a maxila ou a mandíbula muito para frente ou muito para trás.
Características transmitida geneticamente originam um queixo longo ou curto demais.

A correção estética e principalmente funcional dos maxilares é o principal objetivo da cirurgia ortognática. O aparelho ortodôntico deve ser utilizado antes e após a cirurgia.

Agende uma consulta com Dr. Tiago Tavares para avaliação específica do seu caso.

Mentoplastia. Cirurgia para aumentar ou ...

Mentoplastia.
A indicação da cirurgia é para corrigir defeitos estéticos ou funcionais. Podendo envolver correção de assimetrias e também no auxílio do tratamento da apnéia do sono.

O planejamento é diferente para homens e mulheres, sendo levado em conta o formato do rosto e padrões de etnias. A posição do lábio inferior e a ponta do queixo são alteradas com a mentoplastia, proporcionando um perfil de face mais harmônico e equilibrado.

O procedimento é indicado quando ocorre a finalização completa do crescimento do paciente.

A maior vantagem da Mentoplastia feita por um Cirurgião BucoMaxiloFacial é que os tecidos do próprio paciente são reposicionados, sem a necessidade de inserir uma prótese de silicone ou metacrilato. Isto proporciona ao paciente um novo perfil de face com mais naturalidade.

Para saber mais informações, agende uma consulta com Dr. Tiago Tavares para avaliação específica do seu caso.

Cirurgia ortognática.

O procedimento cirúrgico visa a fazer uma correção das alterações faciais e dar mais qualidade de vida para os pacientes. “Orto” vem de correto, e “gnatos” significa maxilares. As melhorias vão além da estética: a mordida do paciente também melhora.
Esse procedimento ajuda a obter o equilíbrio anatômico do rosto.
Como funciona a cirurgia ortognática?
• Ela busca o equilíbrio anatômico da face.
• É indicada quanto o aparelho ortodôntico não consegue reparar um problema.
• Corrige deformidades ocasionadas por anomalias.
• O trabalho tem início com a ortodontia, antes de ser encaminhado para a cirurgia.
• São feitos exames detalhados para avaliar o problema do paciente.
• Pacientes a partir de 17 anos de idade podem realizá-la.