Implante Dental - Definição e principais esclarecimentos.

Data: 01/08/2012

Autor: Comunicação Dr.Tiago Tavares
















O IMPLANTE DENTAL é um cilindro de titânio com roscas externas que tem a função de substituir a raiz dos dentes. Este material possui a característica de biocompatibilidade, portanto, não sendo rejeitado pelo organismo. Uma coroa dentária de resina ou porcelana é adaptada sobre esta estrutura do implante. Restabelecer a função e a estética dos dentes é o objetivo dos implantes dentários.

01) Quando sou candidato a implantes dentários?
Considere-se um candidato quando:
a) Faltar um ou até mesmo todos os dentes da boca
b) Faltar estabilidade e retenção em sua prótese
c) A prótese estiver machucando ou esteticamente inadequada
d) Houver dificuldade na mastigação dos alimentos.

05) O procedimento é indolor?
A instalação dos implantes dentários é realizada em um consultório sob anestesia local, sendo um procedimento mais simples e que requer menos tempo do que a extração de um dente incluso. Os pacientes não relatam desconforto pós-operatório.

02) Quais os benefícios dos implantes dentários?
a) Estabilizar uma prótese (dentadura)
b) Recuperar estética e função mastigatória
c) Diminuir a sobrecarga em dentes remanescentes
d) Frear a reabsorção óssea
e) Repor dentes sem desgastar os dentes vizinhos.

03) Existe limite de idade?
Após o término do crescimento, qualquer pessoa pode receber implantes, não existindo idade limite.

04) Qual a taxa de sucesso?
As taxas de sucesso atualmente registradas superam 95%.

05) Os implantes dentários são idênticos aos dentes naturais?
Jamais será. Os implantes são denominados como a “terceira dentição” e criada pelo homem. Como tal, poderá lhe dar conforto e segurança, poderá aumentar sua eficiência mastigatória, poderá ainda restabelecer seu sorriso e sua espontaneidade, mas será sempre um trabalho artificial fundamentado na evolução científica, nas disponibilidades tecnológicas atuais e na busca incessante pela perfeição.

07) Quanto custa um implante?
Estabelecer valores para uma reabilitação bucal com implantes requer uma avaliação criteriosa clínica e radiograficamente, pois existem inúmeras particularidades envolvidas: Quantidade e disposição dos implantes, disponibilidade óssea e gengival em quantidade, espessura e qualidade, biotipo do paciente como sexo, altura, peso e idade, disposição e quantidade dos dentes remanescentes, presença de outros tipos de materiais protéticos e restauradores na cavidade bucal.

Voltar

OUTRAS POSTAGENS

Porque as dietas de emagrecimento não ...

Bola de Bichat

Bola de Bichat é uma estrutura gordurosa presente na região das bochechas que torna a face mais arredondada. Em muitos pacientes, essa camada de gordura é relativamente maior do que em outros, podendo alterar o formato do rosto deixando-o redondo.

Infelizmente, as dietas de emagrecimento não contribuem para o desaparecimento da Bola de Bichat, pois esta é uma das últimas gorduras a serem consumidas pelo organismo. Ela só diminui quando o indivíduo já queimou praticamente todas as outras.

Mas é aí que entra a finalidade da bichectomia, que é puramente estética: reduzir o volume das bochechas e afinar o rosto.

Fonte: rsaude.com.br

Deixe suas dúvidas sobre a bichectomia nos comentários! Também teremos a maior felicidade em te atender. Marque já uma avaliação!

Cirurgia Ortognática: correção completa ...

Ortognática

A Cirurgia Ortognática é indicada para vários tipos de anomalias ósseas, desde crescimentos deficientes a exagerados, em todos os sentidos. Para que possa ser realizada, após a diagnóstico da condição do paciente, várias avaliações são feitas para planejar a melhor forma de tratamento. Na criança, normalmente tenta-se corrigir o problema com o uso de aparelhos ortodônticos e ortopédicos que atuem também no crescimento ósseo. Porém, quando o portador da anomalia for adulto, o tratamento ortodôntico isolado não será suficiente para a correção, porque o processo de crescimento da face já terá se encerrado. Nesses casos, a cirurgia ortognática será necessária para a correção completa do problema.
Fonte: www.fo.usp.br

Tem mais dúvidas sobre a Cirurgia Ortognática? Faça já uma avaliação conosco ou deixe sua dúvida nos comentários!

Bichectomia: fazendo a escolha certa

Bichectomia: fazendo a escolha certa


Na bichectomia, antes de tudo, é necessário fazer a escolha correta de um bom cirurgião especialista que trabalhe em uma boa clínica com uma boa equipe. Dessa forma os riscos são minimizados.
Com o sucesso dessa cirurgia, se atentar a esses fatores é muito importante para ter uma cirurgia tranquila e com resultados satisfatórios.
Escolha um profissional que seja experiente e conheça da anatomia facial!
Você tem dúvidas sobre o assunto? Deixe aqui nos comentários! Ou, se preferir, marque já uma avaliação conosco.

#Bichectomia #Goiânia #Estética