Boca seca

Data: 29/08/2017

Autor: http://www.colgate.com.br/pt/br/oc/oral-health/conditions/dry-mouth

Definição


Conhecida por seu termo médico xerostomia, a boca seca é quando você não produz saliva suficiente para manter a boca úmida e hidratada.

Sinais e Sintomas


Todos sentem a boca seca às vezes, mas quando essa sensação não passa é porque talvez você tenha um problema em produzir saliva. Os sintomas de boca seca incluem:
• Boca ou garganta seca;
• Dificuldade para mastigar, deglutir, sentir gosto dos alimentos ou falar;
• Sensação de queimação na boca;
• Língua seca;
• Lábios trincados;
• Cárie;
• Feridas na boca;
• Mau hálito.
• Boca seca: os fatos

Causas


A boca seca pode ocorrer quando as glândulas que produzem saliva não funcionam adequadamente. Algumas causas comuns incluem nervosismo, estresse, alguns medicamentos, envelhecimento, tratamento de câncer (radiação/quimioterapia), diabetes,doenças autoimunes como a síndrome de Sjorgren, tabagismo e uso de drogas, como a metanfetamina.
A síndrome de Sjogren é uma doença crônica autoimune em que os leucócitos atacam as glândulas salivares, que produzem saliva, e as glândulas lacrimais, que produzem lágrimas.
Essa síndrome pode causar olhos secos, boca seca, fadiga e dor nas articulações. Também pode causar alterações em outros órgãos, como rins, sistema gastrointestinal, vasos sanguíneos, pulmões, fígado, pâncreas e sistema nervoso central.2
Os problemas bucais que ocorrem são boca seca, aumento de volume das glândulas salivares, cárie e doenças periodontais. Tenha boas práticas de higiene bucal e consulte o seu dentista para que ele faça limpezas profissionais regulares.

Diagnóstico


A única forma permanente de curar a boca seca é tratando a sua causa. Se a sua boca seca for resultado de medicação, seu médico poderá mudar a medicação ou então a sua dosagem. Caso as suas glândulas salivares não estejam funcionando adequadamente, mas ainda produzem um pouco de saliva, o seu médico pode te oferecer um medicamento que ajude as glândulas a trabalhar melhor.

Prevenção


Existe uma série de medidas que podem te ajudar a minimizar a boca seca, incluindo:
• Beber água ou bebidas sem açúcar ao longo do dia, e principalmente durante as refeições;
• Evitar bebidas com cafeína, como café, chá e alguns refrigerantes;
• Recomendação profissional de produtos de higiene bucal que irão ajudar na hidratação da boca;
• Mascar chicletes sem açúcar para estimular o fluxo de saliva;
• Evitar tabaco ou álcool;
• Minimizar a ingestão de alimentos picantes ou salgados, que podem causar dor ou ardência em uma boca ressecada;
• Evitar açúcar e alimentos ácidos;
• Usar um umidificador à noite.

Tratamento


O tratamento da boca seca depende muito do causador dessa condição. Se você achar que tem a boca seca, procure o seu dentista ou médico para determinar a causa.
• Se a boca seca for causada pelo uso de medicamentos, o médico poderá trocar o medicamento ou ajustar a dose;
• Se as suas glândulas salivares não estiverem funcionando bem, mas ainda puderem produzir um pouco de saliva, seu médico ou dentista poderá receitar um medicamento de uso livre ou sob que estimulam a produção de saliva; ou
• O seu médico ou dentista poderá sugerir que você use saliva artificial para manter a boca úmida.

Complicações


Pode ser desconfortável você sentir que a boca está seca durante todo o tempo, além de poder trazer sérias consequências para a sua saúde bucal. O ressecamento irrita os tecidos moles na boca, o que pode deixá-los inflamados e mais suscetíveis à infecções. Sem os efeitos de limpeza da saliva, a cárie e outros problemas de saúde bucal podem se desenvolver com mais facilidade. É importante que você cuide bem de seus dentes e gengiva. Escove os dentes três vezes ao dia e use o fio dental ou um limpador interdental uma vez ao dia para remover a placa (biofilme dental) e restos de alimentos entre os dentes, onde a sua escova não alcança.

Voltar

OUTRAS POSTAGENS

Cirurgia Ortognática

Cirurgia ortognática

Cirurgia Ortognática é o procedimento realizado por Cirurgiões-Dentistas especialistas em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial, para correção dos maxilares e dentes.

É indicada nas situações em que o paciente não possui o encaixe correto dos dentes (Má oclusão dentária) e ao mesmo tempo possui a maxila ou a mandíbula muito para frente ou muito para trás.
Características transmitida geneticamente originam um queixo longo ou curto demais.

A correção estética e principalmente funcional dos maxilares é o principal objetivo da cirurgia ortognática. O aparelho ortodôntico deve ser utilizado antes e após a cirurgia.

Agende uma consulta com Dr. Tiago Tavares para avaliação específica do seu caso.

Mentoplastia. Cirurgia para aumentar ou ...

Mentoplastia.
A indicação da cirurgia é para corrigir defeitos estéticos ou funcionais. Podendo envolver correção de assimetrias e também no auxílio do tratamento da apnéia do sono.

O planejamento é diferente para homens e mulheres, sendo levado em conta o formato do rosto e padrões de etnias. A posição do lábio inferior e a ponta do queixo são alteradas com a mentoplastia, proporcionando um perfil de face mais harmônico e equilibrado.

O procedimento é indicado quando ocorre a finalização completa do crescimento do paciente.

A maior vantagem da Mentoplastia feita por um Cirurgião BucoMaxiloFacial é que os tecidos do próprio paciente são reposicionados, sem a necessidade de inserir uma prótese de silicone ou metacrilato. Isto proporciona ao paciente um novo perfil de face com mais naturalidade.

Para saber mais informações, agende uma consulta com Dr. Tiago Tavares para avaliação específica do seu caso.

Cirurgia ortognática.

O procedimento cirúrgico visa a fazer uma correção das alterações faciais e dar mais qualidade de vida para os pacientes. “Orto” vem de correto, e “gnatos” significa maxilares. As melhorias vão além da estética: a mordida do paciente também melhora.
Esse procedimento ajuda a obter o equilíbrio anatômico do rosto.
Como funciona a cirurgia ortognática?
• Ela busca o equilíbrio anatômico da face.
• É indicada quanto o aparelho ortodôntico não consegue reparar um problema.
• Corrige deformidades ocasionadas por anomalias.
• O trabalho tem início com a ortodontia, antes de ser encaminhado para a cirurgia.
• São feitos exames detalhados para avaliar o problema do paciente.
• Pacientes a partir de 17 anos de idade podem realizá-la.