A infecção periodontal e comprometimento da saúde sistêmica

Data: 29/07/2014

Autor: Comunicação Dr.Tiago

Periodontia médica não é um fato novo. Em 1900, o médico britânico Willian Hunter desenvolveu a ideia de que bactérias orais eram responsáveis por uma extensa lista de doenças sistêmicas. Essa era a teoria da “infecção focal” que caiu no descrédito nos anos 1940 e 1950.

No fim do século passado, uma quantidade expressiva de publicações chamou a atenção dos cirurgiões-dentistas para as evidências científicas das possibilidades da infecção periodontal contribuir na aterosclerose, acidente vascular cerebral, parto prematuro, doença pulmonar obstrutiva crônica, diabetes, doenças reumáticas, doenças renais.

Essas evidências científicas não podem mais serem ignoradas nas atividades clínicas diárias, pois bacteremias estão presentes na manipulação de tecidos infectados, levando toxinas para a corrente sanguínea, proporcionando riscos a outros órgãos do corpo humano.

Será que os nossos colegas estão realmente sensibilizados para reconhecer esses fatos como um fator de grande comprometimento da saúde sistêmica?

Tenho certeza que, em um futuro próximo, as nossas anotações em ficha clínica deverão ter informações sobre essas possibilidades, e um protocolo clínico deverá estar presente com mais rigor na prevenção da saúde sistêmica.

Fonte: http://inpn.com.br/Materia/PalavraDosEditores/21498

Voltar

OUTRAS POSTAGENS

Você costuma morder as bochechas

Você costuma morder as bochechas involuntariamente
A Bichectomia é um processo muito comum e eficaz para mudar a aparência ou o tamanho do rosto, fazendo você parecer mais jovem, conseguindo rosto mais fino e alongado e tornando a estrutura facial mais definida. Outra indicação da Bichectomia é para aquelas pessoas que costumam morder as bochechas involuntariamente.

Especialistas dizem que nenhuma dieta é capaz de reduzir a gordura, somente a cirurgia é capaz de tira-la. Não importa se voce está acima do peso ou não, a gordura sempre estará presente.

A cirurgia é um procedimento simples e pode demorar de 30 a 50 min. É feito um pequeno corte de 1 ou 2 cm no interior da boca para retirada da gordura. Os resultados aparecem em 30 a 90 dias.

A recuperação é comparada  a extração um dente: inchaço local, repouso, alimentação e compressas geladas nos primeiros dias, não fazer atividades físicas, não tomar sol, repouso e seguir as medicações indicadas.

 

Fonte: Saúde - iG  (saude.ig.com.br)

-

2020 é um ano de mudanças. Eleve sua autoestima, faça já uma avaliação conosco. Tem alguma dúvida sobre a Bichectomia? Deixe nos comentários.

A Bichectomia é indicada para quem?

A Bichectomia é indicada para quem tem as maças do rosto grandes?
Primeiramente, é importante que seja feita uma avaliação facial completa, pois há duas situações que devem ser avaliadas: A Hipertrofia do músculo masseter, responsável pela mastigação. O músculo causa inchaço na parte de trás das bochechas e, segundo especialistas, a Bichectomia pode ter um resultado limitado. Outra situação está relacionada às maçãs do rosto, nesse caso cirurgia não irá aumentar o volume das maçãs do rosto, ela apenas causará um efeito visual de evidenciá-las.

Fonte: clinicarealize.com.br

Pra quê esperar mais tempo? Faça já uma avaliação conosco! Estamos te esperando.

Benefícios da cirurgia ortognática



Muitos distúrbios ortodônticos podem ser resolvidos com tratamentos simples. Aparelhos fixos, móveis, placas de tratamento de DTM (Disfunção TermoMandibular), entre outros podem ser feitos a médio e longo prazo sem grandes problemas.

Já alguns casos são um pouco mais complicados e precisam de intervenções mais diretas, incluindo até mesmo tratamentos cirúrgicos.

Esse é o caso de quem precisa recorrer a cirurgia ortognática, que é mais comum do que parece. Ela é recomendada para quem possui algum tipo de deformidade óssea na região bucomaxilofacial.

A cirurgia promove uma série de benefícios para a vida do paciente, tais como:

• Ajuda a aumentar as vias aéreas e também um melhor selamento labial, permitindo melhor respiração;
• Melhora do sistema gastrointestinal, pois, com a cirurgia, o paciente consegue mastigar melhor os alimentos, facilitando a digestão no estômago;
• Melhora da autoestima, já que há uma melhora estética do sorriso e da região da face com a operação;

Fonte: www.dicasdemulher.com.br