A importância do uso regular do fio dental

Data: 08/07/2016

Autor: Comunicação Dr.Tiago



Dizem que o sorriso bonito é o melhor e mais eficiente dos cartões de visita, já que chama atenção pela beleza e mostra o lado higiênico de cada pessoa.

Para conquistar um sorriso saudável é necessário mais do que uma boa escovação, já que sozinha, a escova não consegue remover os pequenos resíduos que se alojam entre os dentes e na linha da gengiva.

O uso do fio dental é essencial por pelo menos uma vez ao dia, e de preferência antes da escovação, já que uma parte dos resíduos sai no fio e a outra se espalha no dente em regiões onde a escova alcança.

O uso do fio dental impede a formação de placas bacterianas, que provocam gengivite que, quando não tratada, pode destruir o osso que estrutura o dente. Além dos problemas como as cáries e o tártaro, o uso rotineiro do fio dental evita o mau hálito, oriundo da decomposição de restos de alimentos acumulados.

Quem não tem o hábito de usar o fio dental pode ser surpreendido com pequenos sangramentos ao utiliza-lo esporadicamente. Os motivos disso são diversos, podendo ser desde o excesso de força ao passar até problemas mais graves como os gengivais, os quais dependendo do estágio de evolução, podem ser tratados simplesmente pela adoção do uso do fio dental rotineiramente. Contudo, caso os sangramentos persistam, um dentista deverá ser consultado para identificar e resolver problema.

Voltar

OUTRAS POSTAGENS

Cirurgia Ortognática

Cirurgia ortognática

Cirurgia Ortognática é o procedimento realizado por Cirurgiões-Dentistas especialistas em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial, para correção dos maxilares e dentes.

É indicada nas situações em que o paciente não possui o encaixe correto dos dentes (Má oclusão dentária) e ao mesmo tempo possui a maxila ou a mandíbula muito para frente ou muito para trás.
Características transmitida geneticamente originam um queixo longo ou curto demais.

A correção estética e principalmente funcional dos maxilares é o principal objetivo da cirurgia ortognática. O aparelho ortodôntico deve ser utilizado antes e após a cirurgia.

Agende uma consulta com Dr. Tiago Tavares para avaliação específica do seu caso.

Mentoplastia. Cirurgia para aumentar ou ...

Mentoplastia.
A indicação da cirurgia é para corrigir defeitos estéticos ou funcionais. Podendo envolver correção de assimetrias e também no auxílio do tratamento da apnéia do sono.

O planejamento é diferente para homens e mulheres, sendo levado em conta o formato do rosto e padrões de etnias. A posição do lábio inferior e a ponta do queixo são alteradas com a mentoplastia, proporcionando um perfil de face mais harmônico e equilibrado.

O procedimento é indicado quando ocorre a finalização completa do crescimento do paciente.

A maior vantagem da Mentoplastia feita por um Cirurgião BucoMaxiloFacial é que os tecidos do próprio paciente são reposicionados, sem a necessidade de inserir uma prótese de silicone ou metacrilato. Isto proporciona ao paciente um novo perfil de face com mais naturalidade.

Para saber mais informações, agende uma consulta com Dr. Tiago Tavares para avaliação específica do seu caso.

Cirurgia ortognática.

O procedimento cirúrgico visa a fazer uma correção das alterações faciais e dar mais qualidade de vida para os pacientes. “Orto” vem de correto, e “gnatos” significa maxilares. As melhorias vão além da estética: a mordida do paciente também melhora.
Esse procedimento ajuda a obter o equilíbrio anatômico do rosto.
Como funciona a cirurgia ortognática?
• Ela busca o equilíbrio anatômico da face.
• É indicada quanto o aparelho ortodôntico não consegue reparar um problema.
• Corrige deformidades ocasionadas por anomalias.
• O trabalho tem início com a ortodontia, antes de ser encaminhado para a cirurgia.
• São feitos exames detalhados para avaliar o problema do paciente.
• Pacientes a partir de 17 anos de idade podem realizá-la.